phpThumb generated thumbnail 2022 01 05T163445.694

Palavra do Presidente da Câmara Municipal de Nobres | Fevereiro de 2021

Comunidade nobrense:

É com imenso prazer que estamos dando início a mais uma legislatura, com novos parlamentares, novas idéias e muita vontade de poder corresponder as expectativas depositadas em cada um nas urnas.

O Parlamento municipal reflete as aspirações populares e cabe a cada parlamentar municipal cuidar da sua imagem, de modo que a instituição seja respeitada em seu meio e todos sejam o elo entre povo e poder.

A representatividade popular através de cada parlamentar é que configura a importância e o papel institucional da Câmara de Vereadores, onde cada um tem a preocupação em operar com razoabilidade, com seriedade, equilíbrio e confiança naquilo que compete a cada um na finalidade de trabalhar pelo bem comum.

O poder está estabelecido para que todos sirvam aos seus concidadãos e de maneira prática e responsável evitem servir-se do poder a interesses pessoais.

A frase colocada há séculos atrás nos ensina que, não só o Brasil, mas Nobres espera que cada um cumpra com seu dever. Eleito, cada vereador tem o papel de legislar para que a comunidade ganhe melhorias em setores essenciais e cada cidadão esteja mais próximo do poder pela via do seu representante.

Enquanto presidente da Instituição “Câmara Municipal de Nobres, apresentamos os votos de boas vindas aos meus nobres pares e por estes quero expressar os meus mais profundos respeitos aos profissionais de saúde que atuam cotidianamente na luta pelo bem estar de cada cidadão nestes desditosos dias de pandemia.

Queremos crer que juntos trabalharemos para que a sociedade municipal seja bem representada e que estaremos atentos ao papel de legislar pelo bem comum, colaborando como instrumentadores dos desejos de nossos comunitários.

Abraços a todos os munícipes e rogamos a Deus que nos dê força e inspiração para que os nossos dias nesta Casa sejam de esforço e dedicação pela causa popular sem sermos populistas, mas compenetrados e conscientes de que o poder é para servir.